segunda-feira, dezembro 02, 2013

Há muito que deixei de pensar, o que sentem.
E a sentir tudo, o que não pensam.

Sem comentários: