sábado, junho 30, 2007

Pulsos de Desejos.

Era um café.
Um café como outro qualquer.
Durante anos eles frequentaram esse café.
Durante anos nunca deram um pelo outro.
Acenderam cigarros.
Beberam dos outros.
Quiseram o que não queriam.
E nunca deram um pelo outro.
Um dia deram.
Seduziram-se.
Enlaçaram-se.
Suaram.
Penetraram.
Não quiseram.
Recusaram o raro.
Saltaram o risco.
A loucura ficou inválida.
Serena.
Sem lábios.
A sedução ficou pelo olhar.
Quiseram sair.
Sair daquela loucura.
Do desejo.
Daquela ânsia que consumia os movimentos.
Deslocaram-se em sentidos opostos.
Movimentos contrários.
Pensaram eles que nunca iriam falar.
Como se o desejo fosse de falar.
E é o olhar.
Essa fome de rebeldia.
De rasgar uma qualquer coisa que nunca foi.
É loucura.
Completa loucura o querer.
Intenção insensata de recusar.
E nem sequer olham.
Porque é lá.
Lá na retina.
Que o desejo salta.
Sou atrevida o suficiente para olhar.
E tu?
Olhas?
-
-
-
Um dia destes, atreve-te a tirar-me as algemas.
Se faz favor!
Seduz-me.
Quero ficar nervosa!

16 comentários:

Som do Silêncio disse...

Olá!

Li...e voltei a ler.
Soberbo!
Não tenho mais palavras para descrever!

Beijo Silencioso

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Gostei de te ler :)
beijinhos

littledragonblue disse...

Irei tirar as algemas...
Beijinhos e votos de uma boa semana

mariazinha disse...

sedução
há lá coisa melhor?
*

Mr.Blonde disse...

já não vinha cá a algum tempo e confesso que não consigo explicar porquê. Sempre considerei este blog dos mais diferentes em termos de escrita e manuseamento das ideias.
Não vou dizer bom post, não vou dizer bom texto. Digo que é para mim um dos melhores blogs que já encontrei aqui.

Os meus Parabéns pelo teu Mundo!
BJS**

Carracinha linda! disse...

Acho que com este texto muitos se sentirão seduzidos e com vontade de tirar as algemas.

Boa semana!

rui disse...

Olá Estranha Pessoa

Não me atrevo a seduzir-te, mas deixo-te um grande abraço.

o senhor do mar

Putty Cat disse...

Pois é, pois é.....

Pensaram eles. Agora não pensam mais.


(este teu post.....está-me....algemado)

Excelente.

Beijo

Luis Eme disse...

Foi por isso que deixei de entrar no café...

Continuo a gostar de olhar e de amar...

Brain disse...

O Risco,
O nascer do desejo no risco,
Mas...
Será que o risco é mesmo risco?

E o medo?
Porquê o medo do risco?
Será que o risco é mesmo risco?

Nunca o sabemos.
Nunca o sabemos até o intentarmos,
Até saltarmos a borda do precipício,
Para lá,
Em direcção ao fundo,
Ao vazio,
Abraçando o espaço,
E esperando que lá,
No escuro,
Afinal...
Afinal morava um chão,
Apenas tapado pela penumbra.

E com esta confiança do "pode ser que",
Há os que arriscam e saltam,
Outros há que,
Ficam-se por ver os outros saltar.

Eu olho o abismo,
De frente,
Olhos nos olhos,
E por vezes,
Ele diz-me para saltar,
Outras,
Não diz nada,
E então sou eu,
Que digo para as minhas próprias pernas:
SALTEM!
Saltem que a vida é ali!
No percurso que se faz entre esta berma,
E o que quer que haja lá no escuro!

Estranha,
Queres saber?
Esquece as algemas.
Essas,
Qualquer ladrãozeco que se preze,
Tas tira!

Vai lá,
"esfrega-lhas" nos olhos e...
Dá-lhe a chave.
Se não pegar nela,
SALTA TU!

E-X-C-E-L-E-N-T-E !!!!!!!!

Beijo.

Cris disse...

Já não te estranho, mas invariavelmente surpreendes-me SEMPRE, pela positiva, com os teus textos, delicadamente rebeldes ou absolutamente furioso, mas cheios de personalidade.....

Bjo
C.

as velas ardem ate ao fim disse...

Que saltem as algemas das tuas mãos!

Bfs

♥≈Nღdir≈♥ disse...

ღღ OLÁ! ღღ
  *.*´¨) ღღ
   ღღ ¸..´¸..*´¨)*´¨)
  ¸.•´¸.•*´¨) ღ ¸.•*¨)
  (¸.•´ ღღ (¸.•` ღღ Bom fim de Semana* ღღ
       ¸.•*¨)             
    (¸.•´ ღ (¸.•*´¨¨*Beijos*´¨¨*•.¸ღ .•*¨)
                     (¸.•´
•.¸.♥`“•.¸♥≈Nღdir≈♥ ¸.•“´♥.¸.•

POETA VAGABUNDO disse...

continuas com esse teu gosto musical:)
quanto as tuas palavras loucas adoro sempre...
beijo vagabundo

Giorgia disse...

levo comigo a última quadra... que é tua, mas tão quase minha...

beijokas

APC disse...

"Quero ficar nervosa"!

Muito Bem!!!

Mesmo Muito Bem!!!