segunda-feira, dezembro 24, 2007

Transparente


É uma frase feita mas, inevitavelmente é disso que se trata.
Todas as pessoas que passam na nossa vida, não passam sem sentido.
E quando falo todas. É todas.
Todas as pessoas que cruzam connosco, dia após dia levam um pouco de nós.
E nós, ficamos com um bocadinho delas.
Seja um gesto.
Um olhar.
Uma palavra.
Um silêncio.
Mas, fica sempre qualquer coisa.
Um qualquer coisa que mais cedo ou mais tarde, fará um sentido.
Aquele sentido.
Por vezes [e na maior parte das vezes] privamos com pessoas diaramente que não nos conhecem, horas após horas... e não nos conhecem.
E julgam conhecer, e tiram conclusões.
Que depois de espremidas, não são mais que puras aberrações.
Desconexas. Sem fundamento.
Pessoas a quem devemos respeito. Carinho. Amor. Mas, não nos conhecem.
E as células do nosso coração desgastam-se. Acabam.
Mas, depois existem as outras pessoas.
Aquelas.
Que passam na nossa vida e já nem nos lembramos porquê.
E nem vale a pena questionar.
Porque o que vale a pena, não pode ser questionado.
Não sou nada. Mas, uma das coisas que aprendi no meu nada, foi isso mesmo:
Não questionar certos sentidos.
Porque certos sentidos valem por si só.
E basta.
E valem o que valem.
Estou agora a escrever este texto, e eis que recebo a seguinte mensagem via sms:
“Nada na vida tem tempo definifo... ou é, ou não é! E o comboio só passa uma vez... Pode até passar uma segunda vez mas, as carruagens já são outras. Medo? De quê? Viver.. Usufruir... Sentir?? Vida?? Só tenho esta, e é para viver, para partilhar tudo mas, tudo de forma intensa e verdadeira!”

É.
Certos sentidos valem o que valem.
E valem por si só!

Gosto de muitas pessoas.
Mas, sei que apenas algumas conseguem sentir esse meu gostar.
Este meu estranho modo de sentir.
De viver.
Para essas pessoas o meu muito obrigado.
Meus senhores, é um previlégio fazer parte do vosso metro quadrado.

5 comentários:

rui disse...

Olá Estranha Pessoa

Que tenhas um Bom Natal, cheio de sentires, (com aquele sal), para dar alegria e sentido à vida.

O previligiado sou eu por ter acesso ao teu espaço e sorver este teu, muito teu, modo de sentir.

Grande Abraço e muitos sorrisos

Ela disse...

"Gosto de muitas pessoas.
Mas, sei que apenas algumas conseguem sentir esse meu gostar.
Este meu estranho modo de sentir.
De viver."



É muito disso.


Sou feita dessa matéria de gost.ar de muitas pessoas.

E gosto!


___________________/


Beijo bom natal.

Norx disse...

A quem diga que sou teu amigo e gosto de ti... Balelas

A pessoas falam de mais, o que na verdade estou à espera que engordes 10 Kg. para ficares com aquela pandereta que nós sabemos.

Até lá... Vai-se comendo os Sonhos que o diabo amaçou.

Sabes o que dá resultado para vender muitos livros...
É Morrer :)
Eça de Queiroz
Fernando Pessoa
E Jesus

Coração Profundo disse...

Olá,

Há uns tempitos que não te escrevo ou comento.

Acho que só agradeceres a quem partilha o teu estranho modo de sentir é pouco generoso da tua parte (ainda por cima tendo em conta a quadra em que nos encontramos).

O meu igualmente estranho modo de sentir é estranhado pelo teu estranho modo de percepção do sentir, mas há estranhezas opostas que se podem conjugar numa estranha harmonia.

Bom Natal e boas entradas.

Brain disse...

"E nós, ficamos com um bocadinho delas."

Só para te dizer,
Que eu,
Até hoje,
Ainda guardo a imagem do teu sorriso.

Beijo.