sexta-feira, junho 02, 2006


Cheguei, andei, parei, voltei a andar e, ouvi isto. E realmente é isto:




"O acaso vai me proteger, enquanto eu andar distraído.

Deveria ter sonhado mais... amado mais, ver o sol nascer."



Tim

1 comentário:

Bruno Tavares disse...

Olá,

O tim também escreveu:

"Ele há coisas a acabar
Mas há tantas a começar
Ficar atento
Saber usar
Saber dar tempo
Tempo que não há p'ra dar

Ter ideias e sentir
Estar atento ao que vai vir
Se não perder a esperança
se souber aguentar
Se não perder
Serei eu capaz de dar

Só sei que amar é querer-me a mim
E querer-me a mim dá-me o poder
De inventar, de conseguir
Atravessar um grande rio
Entre o voltar e o partir
Estranha vontade de amar"

Pendulo - Xutos & Pontapés

Saudações,
Bruno Tavares