quarta-feira, maio 31, 2006

Os 'ses' , os 'sas', os 'sus' ......

E a propósito do post anterior... e dos 'ses' DESTE DIA:

Se eu fosse um mês, seria Dezembro
Se eu fosse um dia da semana, seria Sexta-feira
Se eu fosse uma hora do dia, seria conforme a hora do pôr-do-sol
Se eu fosse um planeta ou astro, seria Lua
Se eu fosse uma direcção, seria norte
Se eu fosse um móvel, seria uma estante cheia de livros
Se eu fosse um líquido, seria água salgada
Se eu fosse um pecado, seria a preguiça do não acreditar
Se eu fosse uma pedra, seria uma predra de calçada de uma qualquer ruela de vasos esquecidos.
Se eu fosse uma árvore, seria uma pereira de ramos toscos de inverno.
Se eu fosse uma fruta, seria pêssego (daqueles pêssegos que o meu avô descascava a tarde toda para mim no areal do Baleal. Tenho saudades tuas.)
Se eu fosse uma flor, seria flor agreste.
Se eu fosse um clima, seria uma qualquer trovoada.
Se eu fosse um instrumento musical, seria piano. Desafinado.
Se eu fosse um elemento, seria água.
Se eu fosse uma cor, seria preto fusco.
Se eu fosse um bicho, seria cavalo sem rédeas.
Se eu fosse um som, seria o ruído das ondas.
Se eu fosse uma música, seria qualquer uma que me reflectisse agora.
Se eu fosse um sentimento, seria desconcertante.
Se eu fosse um livro, seria "Um, ninguém e cem mil."
Se eu fosse um lugar, seria Baleal.
Se eu fosse um gosto, saberia a não sei quê.
Se eu fosse um cheiro, seria maresia.
Se eu fosse uma palavra, seria “Olhar”... de olhar mesmo, não ver. Olhar.
Se eu fosse um verbo, seria "Parvar"
Se eu fosse um objecto, seria lápis.
Se eu fosse um personagem de banda desenhada, seria o Calvin uns dias, o Hobbe outros.
Se eu fosse um filme, seria "O Clube dos Poetas Mortos."
Se eu fosse um número, seria o 7 sozinha, o 13 acompanhada.
Se eu fosse uma estação, seria as tardes de Outono, as manhãs de Inverno, o entardecer da Primavera, as noites de Verão.
Se eu fosse uma frase, seria silêncio.

6 comentários:

Cat disse...

Ora aí está!

Se eu fosse...

Irreverssivelmente, todos os teus "ses" reflectem a tua pessoa!

Vou repetir-me,

Mais um grande texto teu!

Se eu fosse...

Certamente seria tantas coisas!

Cat

Bruno Tavares disse...

Olá,

Se eu fosse alguém queria ser eu,
se eu fosse eu só queria ser alguém.
Enjaulados estamos no Ser fisico que somos desde o ventre e dele vivos não podemos fugir, escoder...

Não podemos fugir mas podemos comandar, dirigir e aqui está a força da vida que em nós existe.
O vento não existe só para nos travar, abrandar, impedir...

Sou uma onda que se esmaga contra os rochedos e que volta a erguer-se para voltar a esmagar...

Desabafo,
se eu fosse outra qualquer coisa que não eu (em toda a mim imperfeição) seria nada... aí estaria na essência das coisas... nascemos do nada e acabaremos no nada então porquê não aceitar o elixir da vida e bebe-lo até ao fim?

Abraço,
Bruno Tavares

Anónimo disse...

sim senhor!!! este e o blogge mais espetacular que eu ja alguma vez li!! muitos parabens pa menina que escre todas estas coisas!! concordo literalmente com "cat" todos os teus "ses" refletem a tua pessoa... e se eu fosse....

...adnil.. disse...

Se Eu....
é uma constante esta duvida na nossa vida...
por vezes dizemos se eu... fosse... se eu fize-se... e tudo se resume aos "ses"
Mas será ke se tivesse-mos oportunidade de reparar os "ses"
a nossa vida seria uma verdadeira monotonia...
por vezes a duvida aconchega, conforta, magoa, doi...enfim.
mas é os "ses" ke dão algum sabor a nossa VIDA!!!
E fico muito Feliz de TU seres TU!

sophie disse...

gostei muito do seu blog;)
tambem eu sou da zona do baleal, realmente ha melhor sitio que esse? =)
beijinhos

sophie disse...

gostei muito do seu blog;)
tambem eu sou da zona do baleal, realmente ha melhor sitio que esse? =)
beijinhos