quarta-feira, maio 10, 2006

Avesso


- Irristaste com facilidade.
- Raramente me irrito.
- Então, o que é isso?
- Estou virada do avesso.
- Virada do avesso???
- Sim, virada do avesso.
- Portanto, irritada.
- Não são sinónimos.
- Então, são antónimos.
- Também não.
- Mas, se não é uma coisa é outra.
- Não. Então, se uma pessoa é branca, é preta??? Existem os amarelos, os molatos.
- Então, mas afinal o que é isso virada do avesso?
- É como aquela música de mafalda veiga.
- hã?
- Quando há qualquer coisa que nos sufoca
e os dias são iguais a outros dias
e por dentro o tempo é tão voraz
Quando de repente num segundo
qualquer coisa me vira do avesso
e desfaz cada certeza do meu mundo.
Entendes?
- Não.
- Então é porque nunca estiveste virado do avesso.
- Felizmente.
- Se tu o dizes... quem sou eu para contradizer.
- hã? Mas, agora achas positivo uma pessoa estar virada do avesso?
- Nunca gostei de monotonias. E a quietude nunca teve piada nenhuma.
- hã?
- pah..... Estou inquieta. Virada do avesso!
- E sorries porquê?
- Por causo do avesso! :)

4 comentários:

Tjusto (isto ha coisas, hein) disse...

Quanto ao avesso so digo que tem muito que se lhe diga, e mais não digo porque estou virado do avesso, se quiserem endireitem-me...

Estranha pessoa esta disse...

Caro amigo tjusto,
Que o senhor venha agora da queima todo bebedolas ninguém tem nada a ver com isso mas, isto é um blog sério!
"Endireitem-me"
tss tss
por amor de Deus...
Vá curar esse seu estado caótico!
;)

Anónimo disse...

Bem!!! falemos entao de varios avessos.

Deixem que lhes diga que os avessos nessas alturas são gerais!!

Estranha pessoa esta disse...

Anonymous:

Que varios avessos?
Que alturas?
Que gerais?

:)


hummm????