segunda-feira, dezembro 11, 2006

Remoinho


Eu tinha feito bem as contas.
Tinha, tinha!
Quer dizer.. pensava que eu que tinha.
Mas, não estavam bem feitas.
Quer dizer... por acaso até estavam.
Estavam, estavam!
Mas, fiz as contas com um contar de antigamente.
O contar mudou!
Ai se mudou!
Mudou, Mudou.
Ninguém disse que o tal contar era o certo.
Também ninguém disse que era o errado.
Mas, contra todas as probabilidades,
esse contar (o tal de antigamente) já não faz saudades.
E contra todas as estatísticas
o tal contar (este de agora) faz remoinho.
E que remoinho.
Remoinho. Inho. Inho.
Inho!

14 comentários:

Estranha pessoa esta disse...

Continuo intimidada!

Bela disse...

Tanto remoinho...tanto, tanto...estranha pessoa...mas já está entranhado...
Pois é.

Bj

.*.Magia.*. disse...

Intimidaste-me com este remoinho!

Intimidada, ada, ada...

Cheers

rui pestana disse...

Olá Estramha Pessoa

Faz remoinho?
Que lindo remoinho! Ainda bem!
Entra no remoinho da vida e deixa esse contar de antigamente.

Um abraço
o senhor do mar

sem-comentarios disse...

Vamos lá fazer as contas direitinho :))

e sem remoínhos :)**

Tino disse...

Tu andas enremoínhada, andas andas...e estranha...anha anha...

beijos intimidantes :D

Pierrot disse...

É verdade.
Estes dias têm sido um remoinho para mim, mas ao contrário do teu lindo poema,nada mudou para mim...
Quanto à foto, conheço-a muito bem, bem como a sua autoria. Esteve postada muito tempo no Olhares e faz parte de um trabalho genial.
Parabéns por tudo.
Bjos daqui
Eugénio

Miudaaa disse...

A constante mudança...
Umas vezes apercebemo-nos dela, outras adormeçemos e nao damos por ela.

Sim, por ELA, pela MUDANÇA.

Quando acordamos, deparamos com as contas mudadas. As contas não mudaram nós é que adormeçemos.

E a solução é não dormir???

Não a solução é adormecer, acordado...

um xi, da miudaaa_a_dar_pró_crazy

Clife disse...

Assim eu saio daqui a andar de inho inho inho lol...

(: gostei,

e gosto de ler-te.

beijinho, muah *

.*.Magia.*. disse...

Estranha...

Andas a fazer muitas contas...andas andas!!!!
Será que é bom aplicar a lógica nestes casos???

Não será melhor misturar os números, os pensamentos, os sonhos e tal numa liquidificadora e depois colocar num copo de pé alto e beber tudo por uma palhinha????

Tenho para mim que sim!

Cheers!

arritmico-mano disse...

intim(inho).

as palavras a roçar
o absurdo e o vinho.

- rima?

- rimo.


vamos de carro
ou de carrinho?

as velas ardem ate ao fim disse...

Acho que estou no meio do remoinho..
Estou baralhada...

bjinhos

Tiago disse...

ler te torna-se um remoinho, remoinho, que gira entre a compreensao e a confusão :))

bjs
Tiago

Marina disse...

Olha, ca para mim precisas de ajuda com a matematica! ;-)
Isto nao e nada bonito andar a oferecer a ajuda dos outros, mas estou em crer, que a nossa vizinha do Oeste, aquela que tem uns ventos que cantam e remoinham tambem de vez em quando, que te da uma ajuda!
lol

E quanto a esses remoinhos, nao ha logica que valha!
Ca pela nossa zona tem andado uns ventos...

Beijitos