terça-feira, abril 15, 2008

Tutanos

A vida é curta demais para tantos prazos,
os sentires são grandes demais para tantas ausências,
e os desejos são para serem tocados!
Lamento... mas, eu preciso de ser desejada,
preciso que puxem-me o lábio até ao tutano.

E foi assim à beira mar, que hoje pelas dezanove horas lhe disse um basta.
Um basta definitivo de quase dez anos de encontros e desencontros.
Há vícios que têm que ser curados.
Agora?
Agora que venha a ressaca!

17 comentários:

Ela disse...

"1,2,3...

é a ressaca outra vez..."



Por inteiro sempre.


ainda que doa.



Beijo gd,boa semana.

besbertocharrua disse...

ó mulher! atão tu só sabes é fazer as coisas no mar? e ressaca tenheu de vez encando e aguento...
deste memo um soco ó gaijo hã ? munta bem feite e tamém esta fotogarfia tá dassobio e até fiquei pasmade e nem amostrei á nha maria. á ganda mulher tu me saistes.aqui fica o meu abrace e corage pá ressaca.....

Anónimo disse...

gostei do "preciso que puxem-me o lábio até ao tutano."!

UM basta, SIM!,
UMA ressaca, NÃO!
desejada? CLARAMENTE...
:-)*

Brain disse...

...and now: MOVE ON!

The world is Out There!!!!

A Kiss from Me

Alexandra disse...

VER,
a vida
as pessoas
as formas
é um detalhe

VIVER,
de bem com a vida
amando as pessoas
de todas as formas
é um detalhe que faz toda a diferença.

Que essa "ressaca" seja parte de uma fase de aprendizagem e ensinamento e que torne mais fortes as decisões tomadas.

Bjo

rui disse...

Olá Estranha Pessoa

A intensidade dos sentires mora contigo.
Adoro estas explosões de puro "entusiasmo".

Grande abraço, menina Estranha

lampâda mervelha disse...

Dores maiores que ressacas
Vícios menores que as curas
Males maiores que os bens
Bens maiores à prática
Aniquila-se. Renasce-se

Porquê?

Porque assim tem de ser. Porque sim.

Quere-se, na crença da alma.

melgadoporto disse...

Confesso que é necessário coragem.
Mas as alturas trazem-nos forças que por vezes desconhecemos.
Acredita nelas e verás que a ressaca é apenas um senão.
Um senão que nunca valerá tanto como a coragem do não.
Mas nunca esqueças os vícios se forem virtudes…
São bons e fazem falta!

o das caldas disse...

Gostei da Alexandra!
Gostei da nova música que, para mim,
diz que vencerás.
Beijinhos das Caldas

besbertocharrua disse...

at�o queu gostava de saber porqu� questas leteras saiem todas malucas? s� s� eu que screvo male? � nha filha, j� anrebitastes? quero verte animada �viste? e quere quescquerevas mais assim como s� memo tu sabes t� bem? um ganda abrace.

pipidebico disse...

sensualíssimo......
bicadinhas daqui.

besbertocharrua disse...

ó mulher atão eu dôme ao gosto de vir aqui e na screvestes mai nada? acaba lá quessa ressaca cô já tô priocupado. e este pipi esquerveu ali um dito munte xique.
um ganda abrace.

Skin on Skin disse...

Como eu te entendo...tb eu disse basta...é melhor assim, esses vicios matam! Força...

APC disse...

Foi como foi - cantam os Trovante. E, nesse sentido, não terá sido uma coisa tão estranha quanto isso, estranha pessoa! :-)
Um abraço meu!

DeepRed disse...

Vivemos sempre ressacados. Como é estar de outra maneira? Muuuuuuu. Há sempre gin tónico e frangos do campo...

Carracinha Linda! disse...

Há vícios que custam a largar... mas quando nos fazem mal temos mesmo que cortar com eles!

Que a ressaca seja curta!

Bjs

g. disse...

acho q a ressaca vai doer com'ó caraças... andamos com vontade de bater com a cabeça nas paredes mas... se estivermos formes no nosso basta depois... bem depois já passou e vais sentir-te melhor, diferente e viva.

uma ressaca curta e forte
bjs