sábado, outubro 21, 2006

Flor de Pele


Estes dias.
Estes dias nublados.
Assim de tons distraídos.
Distraídos?
Sim, distraídos.
Quebrei?
Não.
Quebraste tu!
Mas.
Mas, que mas?
Mas, esse mas...
Mas, esse mas de som talvez.
Talvez de som a silêncio.
De silêncio de partir.
Fugir?
Não.
Eu convenço que não.
Tu convences que sim.
E encostados assim.
Assim.
Assim encostados.
Flor de pele.
Puxa para aqui.
Para um aqui que não é o meu.
E este aqui que me tormenta.
Quebrei?
Não.
Quebraste tu!
Guardo?

20 comentários:

Estranha pessoa esta disse...

Li isto agora de pernas para o ar.
E estranhamente fez sentido.
Fez?

Maçã de Junho disse...

Guardo?
O quê? Talvez o querer que mais do que à flor da pele, ser a Flor da tua Pele!
E não sou?


Foi só um acento circunflexo no teu poema!

Maçã de Junho

Estranha pessoa esta disse...

Maçã,

E que acento esse!!!!
Gostei.
Goestei mesmo ;) ***

cinza disse...

Fez lembrar-me Toranja... Tem razão ao contrario parece fazer ainda mais sentido..

António Rosa disse...

Tenho esses diálogos comigo mesmo. Muitas vezes. Identifico-me.

Um abraço

.*.Magia.*. disse...

E se for "Fruta de Pele"?
É mais intenso...!

Digo eu, que sou a personificação do exagero ;)!

Flor = Primavera
Fruta = Verão
Folha = Outono
Caule = Inverno?????????

Tenho para mim que descobri o enigma !!!!

Abraço viciado...e linda musica e lindo filme que do qual é banda sonora...Muito a propósito das tuas palavras (estranhas?)

.*.Magia.*. disse...

Talhadas de flor de pele, com sabor a melão...
(bastante erótico, ou talvez não!)

.*.Magia.*. disse...

Não me reconheço no comentário de cima...
Mas assumo-me...
SIM, fui eu!

Bruno Tavares disse...

Viajei, estive longe, estive ausente, tive saudades... Assim, como sentimento com sentimento se paga deixo um texto que descreve um pouco o que sinto. Desculpem ser em inglês.

“Spend all your time waiting
For that second chance
For a break that would make it okay
There’s always one reason
To feel not good enough
And it’s hard at the end of the day
I need some distraction
Oh beautiful release
Memory seeps from my veins
Let me be empty
And weightless and maybe
I’ll find some peace tonight

In the arms of an angel
Fly away from here
From this dark cold hotel room
And the endlessness that you fear
You are pulled from the wreckage
Of your silent reverie
You’re in the arms of the angel
May you find some comfort there

So tired of the straight line
And everywhere you turn
There’s vultures and thieves at your back
And the storm keeps on twisting
You keep on building the lie
That you make up for all that you lack
It don’t make no difference
Escaping one last time
It’s easier to believe in this sweet madness oh
This glorious sadness that brings me to my knees”

Angel - Sarah McLachlan

Vejo que continuas a escrever com a qualidade de sempre!!!
Continua!!!

Bjs,
Bruno Tavares

Tiago disse...

flor de pele ou pele de flor?

afinal da direita para a esquerda tb pode fazer sentido.

bjs
Tiago

as velas ardem ate ao fim disse...

Faz todo o sentido...Lindo!
Guardas...porque não...
A vida é feita destas pequenitas grandes coisas à flor da pele...toque...cheiro...erotismo..

(esta musica é linda e poe me sempre a chorar a pensar na minha vidinha..........)

Daniela Mann disse...

Por acaso tb fez sentido de pernas para o ar! lolololol
Beijinhos

rui disse...

Olá….Estranha pessoa
Gostei deste carrossel de palavras à flor da pele.
Bom domingo

Tia Cremilde disse...

(Palmas)

Gostei!! encaixa perfeitamente com o meu estado de espírito!

Louco de Lisboa disse...

Quais sentido quais quê...?

Não me é sentido nem me faz sentido, nem de para, nem para de. Hoje nada me faz sentido, reconheço que ainda não tenho muito tempo de lucidez porque acordei há pouco, mas daqui nada vou descobrir que nem com tempo ganho lucidez... então direi:

Quais sentido quais quê...?

DesKiss até outro desinntante!

*Confirmação WKEYWXQ isto sim faz sentido!!!

Francieli Rebelatto disse...

Guardou? com certeza, guardou tudo e muito mais do que tuas palavras foram capazes de expressar, quebraram de fato, mas porém guardaram mais do que o simploes brilho de tuas palavras, creio que guardaram o olhar,...

Beijso e ótimo fima de domingo..

su disse...

Guarda, deita fora, lembra, esquece, valoriza, desiste, ganha, perde...todos esses momentos te servirão sempre no momento certo..mesmo que agora, de pernas para o ar, este meu comentário pareça não ter nem pés nem cabeça...

Ai esta música...
:)

Estranha pessoa esta disse...

Cinza,
Não sei se faz mais sentido... Mas, sinto que faz algum.. se é sentido? Não sei..
Mas...


António,
Sempre bom receber o dono do 'livro' :P aqui no meu humilde espaço.
Um abraço grande.


Magia (Advogadazeca de meia tigela),


Caule = Personificação do irreal. Seja Inverno.
;)

E ainda bem que assumes! lol
Também fiquei numa de ah e tal mas... lol :P


Ahhh e isso da flor de pele!!! Gostei!

Um abraço cheio de vício para ti :) **

Estranha pessoa esta disse...

Tavares,

Já tinha saudadecas tuas...
E que belas linhas estas.

Muito obrigado.

Um abraço enorme aqui do oeste directamente para o puerto carago ;) **

P.S.: E isto não é qualidade.. vem apenas das entranhas! ;)

Tiago,
Pois faz!!
Muito mesmo!
:) ***

Velinhas,
Tens razão!
Mas...
Há sempre o 'mas' ...
**

Daniela,
Tal como está aqui algures.. a normalidade é apenas uma questão de perspectica.. prefiro ver tudo de pernas para o ar ;)
**


Rui,
Um abraço grande para ti Senhor do Mar. :) **


Tia,
Vénia :)

Bênção Tia **


Louco,
Estou ainda meio de greve ctg, mas desta vez foi devido a uma vírgula manhosa que encontrei lá na tua loja.
:P
E isso da lucidez?
Hoje?
hehehe
:)
***
*Confirmação EDEKJHD isto sim faz sentido!!! hoje.
E amanhã!!!!!!!????
Heiiii???

Francieli,
Não creio....
Um abraço grande para ti aqui do outro lado do Atlântico :) **

Su,
Tem todos os pés e cabeça.
Obrigado.
Um abraço grande para a Teia :) **

Pierrot disse...

Que bonito.
Pequenino, curtinho e queridinho.
Não sei, ao lê-lo só me apetece empregar diminutivos e agarra-lo assim, bem junto a mim.
Que giro...
Salta de frase em frase, como se estivesse sol e fosse primevera...
;-)
Bjos daqui e parabéns
Eugénio