sábado, outubro 07, 2006

Pormenores

[Montejunto, Setembro de 2006, FF]


Um acaso é sempre um acaso.
Dizem alguns.
Ora.
Se um acaso é sempre um acaso.
O que fica ao acaso?

Ando a pensar nisso.
E o facto de ‘andar’ a pensar nisso já é acaso?
Ou apenas uma distracção de um dos meus dois neurónios?

E é ‘andar’ a pensar nisso porquê?
Porque não é ‘sentada’ a pensar nisso?

E já agora o que é isso de ‘isso é apenas pormenores’?
Ora.
Se são apenas pormenores então porquê o ‘apenas’?

23 comentários:

.*.Magia.*. disse...

Ora, são acasos pormenorizados que andam distraídos entre dois neurónios que nunca se sentam.Apenas porque pensam naquilo que dizem alguns, e tudo fica ao acaso.
Já agora, o que fica ao acaso?
Talvez a magia seja um acaso do momento, uma ilusão apenas para os distraídos, ou será apenas um pormenor?
E por acaso também ando, e de vez em quando sento-me, (agora estou sentada) a pensar que raio quer dizer isso de "Estranha Pessoa Esta"...
Será um acaso?
Um pormenor?
ou um apenas?

.*.Magia.*. disse...

Um pormenor:
Era apenas...

.*.Magia.*. disse...

Não não me enganei!
Era mesmo assim, porque gosto que seja assim...
Incompreensivel!

Tit disse...

Pois... o "apenas" - já me fez pensar tanto!.. ;)
"É apenas um cão!" - diz Peter, a determinada altura do filme de que falei há poucos dias lá no meu canto.
E um bonito diálogo se desenrola apartir daí...

Teresa Durães disse...

não acredito em acasos, não posso ajudar nessa.

a maior parte do português que se usa é o português informal, muito dele incorrecto.

como expressão coloquial não sei onde se foi buscar, talvez porque a maioria das pessoas não se senta para pensar

e "apenas" porque também a maioria não pensa nos detalhes (apesar de "nos detalhes mora o Diabo")

bom fim de semana

little_blue_sheep disse...

...

Tit disse...

[Passa por lá para um café. Hoje é por minha conta ;)]

as velas ardem ate ao fim disse...

Pois acordei mto tarde e ainda tenho 1 neuronio apenas a funcionar, ie, o tico e o teco ainda nao se e falam, ptt não vou comentar já.Volto mais tarde.

bjihos e ate ja

.*.Magia.*. disse...

Outro pormenor:
Perdi-me ;)

Ena Estranha!!! Que musica linda ;)

amazing disse...

Porra, deixaste-me confuso...

Bela disse...

Os pormenores não têm a mínima importância? ou são o mais importante? E os acasos são pormenores? As tuas palavras apenas me levantaram mais questões." Apenas"...

Louco de Lisboa disse...

Cuidado com os pormenores!

Apenas até outro instante...

as velas ardem ate ao fim disse...

Há apenas pormenores que são muito importantes como por exemplo o teu bloggue!

Para Ti:


Placa inútil e amarela:
"Não pise na relva."

Amarela
pela ausência de girassóis.

Inútil
porque não tenho os pés no chão.

bjos

EMN disse...

gostei....

É O "apenas" de um pormenor.
lolol

beijos

emn***

Miudaaa disse...

no meu cantinho, escrevi um dia destes que nada acontece por acaso,,, nada acontece ao acaso,,, e questionei algo muito idêntico ao que questionas hoje no teu espaço. se obtivéssemos resposta para as perguntas que nos deixam verdadeiramente curiosos/as... a vida deixava de ter o sentido que têm !!! não achas???
um beijo de miudaaa, que não está aqui por acaso :-)

.*.Magia.*. disse...

Olá Estranha...

Tenho em mim que o teu sumiço não é o que parece, ou seja, sinto-te a vaguear por aqui em particulas!

Abraços Loucosss de Vicio!

Ana Prado disse...

Bem... vamos lá ver se nos entendemos... e já agora, por que é que é "lá" e não "cá"?, vamos cá ver se nos entendemos e já agora por que nos hvemos de entender? Vicioso o teu texto, desconcertante, até.

.*.Magia.*. disse...

Afinal andas aí!!!!!!!!!!!!!!!!

Estranha pessoa esta disse...

Em partículas... mas, ando!!!!

***

Estranha pessoa esta disse...

Magia,
Sei que não te enganaste :P
Adoro essa tua maneira 'desinocada' (não sei se a palavra existe, mas... ) de escrever tudo no sítio certo apesar de não parecer a olho nu :)

A tua música tb não é nada má não senhor ;)


Tit,
Ainda não vi o filme...
Tenho para mim... que mais que pensar no 'apenas' .. sentir esse 'apenas' é que é o desalinhamento..
**

Teresa,
Não sei onde mora o Diabo...
Mas, acredito que muita gente ainda se 'senta' para pensar ;)
Uma boa semana para ti.

Blue,
Um terno silêncio para ti **

Velinhas,
Essa frase.. ainda estou a pensar
**

Amazing,
Então cachopo??


Bela,
hmmmmmmmmmmmmmmm
mmmm
Pois..
..........


Louco,
Devias ter vergonha na cara.
Ainda tens a lata de apareceres por aqui depois da treta que foram os teus saldos.
Vai lá para a tua brecha de lucidez e só voltes quando for para pedir desculpas :P


Emn,
:)
*

Miudaaa,
Uma coisa eu tenho para mim... que teria muito menos graça.
Penso eu de que ... :P
**

Ana Prado,
heheehhe
:P
E já agora é agora porquê?
Pode ser mais daqui abocado ou nao?
e é daqui a bocado porquê?
Porque não: dali a bocado??
heiii??

APC disse...

Será tudo ao acaso, por acaso?
Andamos ao acaso, pois bem.
Andamos, porque não paramos,
Excepto por acaso.
Andamos "por dentro", mesmo que parados; não paramos realmente.
Por dentro, onde tudo é um acaso;
por isso o fora o é também.

E os pormenores são ou não são,
Depende da perspectiva
Às vezes são pormaiores
Vá lá a gente saber!
E que isso da perspectiva
é "apenas" um acaso,
Nem vale a pena dizer!

Por acaso aqui estou
E, na minha perspectiva,
Por cá vou andar! :-)

APC disse...

O "não paramos realmente" já não era para ter saído, mas saiu, por acaso! :-(

Pierrot disse...

Já dizia o poeta que Deus está nos pormenores...então, de facto, porque o "apenas"...?
Bjos daqui
Eugénio