sexta-feira, abril 20, 2007

Se é para parir, que seja a gritar ! Com muito desalmamento e assanhamento PORRA


Deixa-me que te fale do meu parto.
Sim!
Do meu parto!
Foi de manhã.
A ferros.
Do fundo do útero.
Puxada a frio.
À força.

Agora, deixa-me que te fale do teu parto.

Sim!

Do teu parto!
Foi à noite.
Cesariana.
Sem qualquer tipo de imprevisto.
Premeditado, portanto!

Agora, deixa-me que te diga isto:

-

-

-
Vai para a puta que te pariu.

15 comentários:

.*.Magia.*. disse...

Não vou, não vou, não vou...!!!!!

Vai TUUUUUUUUU !!!!!!!!



:P

LINDA FOTOOOOOOOOOOOOOO
Tenho para mim que isto é efeitos da minha mágica companhia...

Ficaste assim!
Que bom saber que te provoco estas emoções TODAS...

ehehhehehe

NOTA BEM: Eu gosto de imprevistos, de entranhas, de partos dificies e de cesarianas...e digo-te mais!
Que se foda!!!!

.*.Magia.*. disse...

...

Voltei para dizer que a dona deste blog, me obrigou voluntáriamente à força a vir aqui dizer para clicarem no botão do blog que diz:

"Entranhas"

Ela obrigou-me a vir aqui dizer que que se fores o 100º clicante do botão ganhas sem sorteio um jantar de marisco e bolo de chocolate em local a determinar...

(Não tenho nada a ver com isto...fui coagida, um género de cesariana de vontades...)

arritmia visceral disse...

""""""""entranhas"""""""""

...e FODA(-se)...


...e assim de dentro ainda soa
mais FocADO.




"asSim" Não. ou sIM?

arritmia visceral disse...

200 gritos
dão uma melodia
que se ouve com tranquilidade.







eLOGio...

Putty Cat disse...

Quem não sente não é filho de boa gente!!!

Venham os ferros bem lá no fundo!!!

E puta que pariu!

ADOREI ESTRANHA!
ALIÁS GOSTEI TANTO QUE ATÉ DOEU!!

GRITO COM GAAAAAAARRAAAAAA!!!!!!

See u in May!!

KISS

Brain disse...

DDDOOOIIIDDDAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
:) :) :) :) :) :) ;P

Agora para "contra-balançar":

“Conquistei, palmo a pequeno palmo, o terreno interior que nascera meu.
Reclamei, espaço a espaço, o pântano em que me quedava nulo.
Pari meu ser infinito, mas tirei-me a ferros de mim mesmo.”
Bernardo Soares


Um grito para levares para o teu fds!

Rui Cruz disse...

vá você. Eu sou cavalheiro e as senhoras podem ir primeiro!

Hehehe.


Rui

APC disse...

A ferro e fogo!
Fogooo!!!...

;-)))

pensamentos_vagabundos disse...

vens-me visitar aquelas horas e não me bates à porta:(
adorei o teu parto:)
já o meu foi numa noite de copos e bebedeira,por isso ser assim meio torto...
beijo vagabundo estranha

Cris disse...

E assim nascem grandes mulheres, grandes pessoas, a frio, à força... Inquestionável!

Aqui deixo um baixar de cabeça, em admiração pelo teu grito!

cris

as velas ardem ate ao fim disse...

Expectacular!

(quase quase a nascer)


bjos

Luis Eme disse...

Não seria melhor um parto normal, sem ferros e sem tesouras?

Há é verdade, por aqui anda-se de pernas para o ar... e quem não souber fazer o pino, tem mesmo que ir para a "puta que o pariu"...

Vladimir disse...

Refere François Chateaubriand que “não somos nada, sem felicidade”.

Qual é a sua opinião sobre este tema?

bettips disse...

Não somos nada uns sem os outros... e caso queiram saber mais, não somos nada se não houvera esta estranha maneira de dar! Directa e soco (in)convencional. Bjinho

.*.Magia.*. disse...

Ah...
Aqui já tinha comentado...

Opáaaaa
Há bués que não te comentava...deve ser porque não tou para te aturar...!

Não me maces, ok?
Peço-te...