quarta-feira, outubro 10, 2007

Todavia


Ando muito perto de mim.
Fere.
Ando demasiado tempo perto de (m)im.
Fere.

9 comentários:

Putty Cat disse...

É...

Quando nos roçamos de perto, qdo verdadeiramente nos olhamos de fora para dentro, quando olhas para os teus próprios pés e pensas "qual é o próximo passo?" e nos sentimos visceralmente humanos, é assim.

Fere. Arranha. Queima. Arde.
Mas cura.

Beijo cicatrizante

sendyourlove disse...

...é um passo...fere, mas o que ar faz bem (dizia a minha mae)

Brain disse...

Strange One...

Essa proximidade,
Só se revela ferimento,
Quando não nos conhecemos;
E com essa proximidade,
Nos deparamos,
Com alguém que não conhecíamos.

Hum......
Não me parece de todo,
Ser o teu caso...
É?

Penso que não.
Penso MESMO que não.

Beijo.

Ás de Copas disse...

Doi.

Belzebu disse...

E se te afastares de ti, será que passa? Não creio!

Aquele abraço infernal!

Ela disse...

Quanto mais rente.


Melhor. Ainda que sangre.


É boa essa toxicidade.



Um Beijo.
____________

Francieli Rebelatto disse...

Sinto a leve dor, de também andar muito perto de mim....

Nossa tão pouco, mas tanto...

Beijos, estava com muita saudade daqui, mas cá neste lado do mar, a correria ta grande!!!

Francieli Rebelatto disse...

Sinto a leve dor, de também andar muito perto de mim....

Nossa tão pouco, mas tanto...

Beijos, estava com muita saudade daqui, mas cá neste lado do mar, a correria ta grande!!!

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Tão perto que até fede...