terça-feira, março 18, 2008

Game Over

Existem aquelas alturas em que estamos simplesmente nulos.
Em que nos sentimos uma nulidade.
Uma perfeita e redonda nulidade.
E nessas alturas de nada servem a palmadinha no ombro, o típico 'É pah tu tens valor, bla bla bla'... pardais ao ninho.
Podem dizer maravilhas. Não serve.
Não basta. E não serve.
Quando estamos realmente assim.
Redondos e nulos.
Precisamos sentir.
Sentirmo-nos seres humanos com veias.
Com pulmões.
Com massa muscular e cerebral.
Com pés, mãos e claro está, coração.
Precisamos sentir. Não ouvir.
De palmadinhas nos ombros nunca se fez nenhuma pessoa.
Ás vezes um abraço, pode ser tudo.
Mas, as pessoas ainda têm muito medo disso.
De abraços.
Tenho para mim, que do que realmente as pessoas têm medo, é de sentirem que encontraram o tal desgrenho.
Aquele estremeção.
E de não saberem, o que fazer com ele.
Sabem quando jogamos à sueca e batemos com o punho na mesa, porque temos a bisca?
Sabem?
È assim.
As pessoas têm as biscas mas, têm medo de arriscar. De jogar.
Esquecem que nem todos estão para a batota.
...Para palmadinhas nos ombros.
Há uma altura na vida, que é preciso esse punho.
Esse bater de mesa.
Pahhhhhhh
Aquela batida seca.
Pahhhhhhhhhh
Que nos faz acordar.
Pahhhhhhhhhh

Game Over!

9 comentários:

♥≈Nღdir≈♥ disse...

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\\___♥
_♥____\\__/♥\\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥
Uma Páscoa Muito Feliz
Beijos

Daniel Simões disse...

Sou novo aqui.

Isto traduz exactamente aquilo que eu penso quando uma pessoa está com problemas. Há que ser objectivo e não ser optimista só porque sim, há que abarcar todas as opções e organizá-las, de modo a ir resolvendo tudo. A única pessoa que devemos abraçar é o "eu".

Faz Play again.

lampâda mervelha disse...

I n s e r t C o i n

Anónimo disse...

que amargura! que caminhos tortuosos andou a calcorrear? n-ao a reconheço! vamos lá a animar... sugestão: suba a serra e, bem lá no cimo, deixe-se envolver pelo sopro do vento, uma vez, e outra, e outra....comigo resulta quase sempre. fica bem!
pipidebico- wordpress

Esplanando disse...

Insert coin

João Filipe Ferreira disse...

preciso da tua ajuda em 2 exercicios de estatistica eheh:$



beijinhoooooooooooooo

Francieli Rebelatto disse...

é inevitável por vezes não nos sentirmos assim...
beijos e cuide-se

Brain disse...

Hum.....
Demorado o rewind...
Hum.....

Waiting....

A Kiss from me

littledragonblue disse...

GAME START