domingo, setembro 13, 2009

Prazeres Saudáveis



Existem pontos.
E depois existem os i’s.
E depois há as madrugadas.
Aquelas.
Em que metemos os pontos nos i’s.
E ficamos assim.
Sôfregos.
Insaciáveis.
Completamente desejosos de mais grafias.
Ortografias.
De uma folha em branco.
Sem linhas. Apenas por desenhar.
Tantos pontos. E ainda mais i’s.
Os desejos podem ser saudáveis.
É. Podem.
Mas são de um carácter profundamente insatisfeito.

Rebentou-me o cérebro.
.
Tu dizes que não existem pecados.
Eu sussurro que .... Nem semáforos para os prazeres.

7 comentários:

£åßi®iñtø disse...

Pois pois...
Geralmente chamam pecado o que nos é tremendamente prazeroso, pq será nè (?)

Musica boa de fundo =)
ENORME sorriso

as velas ardem ate ao fim disse...

e o prazer é??

um abraço

olharesdever disse...

e às vezes pomos um ponto final(.)
;D

jc disse...

Prazeres Saudáveis:

- A voz (de fundo) do Robert Plant...

;)

(o Jimmy Page na Guitarra)

.(ponto)

Vítor disse...

Não te tenho visto...
nem a ti nem a mim!
Temos vidas ocupadas pelas nossas vidas, e parece deixar pouco tempo para viver a vida com os outros.

Rafeiro Perfumado disse...

Na prática anseias por vírgulas, não por pontos, e ainda menos se estes forem finais.

Mαğΐα disse...

Transgressões.

PRECISAM-SE

Urgente!