segunda-feira, janeiro 22, 2007

Pólos II

E ele gritou que era um qualquer desencaminhamento.
Confusão de um querer.
Intoxicadamente selvagem.
E ela veio com a conversa da Loucura.

Não venham com a conversa do imcompatível.
Dos pólos.
Do Norte e do Sul.
Ora, se há dias de Sol e Chuva, e que faz o Arco-Íris.
Porque não existir a Timidez e a Ousadia, a fazerem a Loucura?

16 comentários:

Louco de Lisboa disse...

Olá menina bué de estranha...
Quando aqui cheguei ainda pensei que tivesse entrado numa assoalhada errada, mas não, isto é mesmo teu...
Estou a estranhar, deve ser normal, daqui a mais umas visitas já deve ter passado esta estranheza.
Comentário?
Mais arrumadinho, eu vejo-o assim, acessivel, olho para ali e está lá, olho para além e está lá, tudo o que está, está!
As tuas palavras vêem mais de encontro aos meus olhos, a bem dizer até tive que colocar óculos com protecção letral.
As imagens mais perceptiveis, mas isso deve de ser por estarem sobre fundo branco, nada a dizer, apenas que tens bom gosto, ou talvez tenhamos um gosto idêntico.
Sobre o post, sobre a postagem (detesto esta palavra, escrevia-a apenas para te informar, gosto que andes informada, "enformada", adiante...) acho-a muito deliciosa, a esta hora com umas batatas fritas marchava até ao confins das minhas entranhas (palavrinha parecida com estranha, gostei!), é de digestão fácil e convida a divagar, bom, mas chega de divagações, a ousadia acabou-se e a timidez chama-me, sim, sou timido, dá-me charme ;)

Vou embora!!!
Até outro desintante dum instante quaisquer.
Kiss!

pensamentos_vagabundos disse...

e porque não!!!!
beijo vagabundo

Tit disse...

A imagem.
O texto inicial.
Sim - não há duvida que sente-se por aqui.
Sento-me por aqui.

Sentada vejo que mudaste a cara à tua assoalhada, como dizia o louco aqui de cima.
E tenho a certeza que mesmo de pé também veria!
E que bela cara! Mais ousada. Mais estranha. Mais equilibradamente desequilibrada.
Muito... Sentida!

O Arco-íris... Vi-lhe hoje uma ponta!
A ponta do pote. E de timidez e ousadia estava carregadinho! - o pote e o próprio arco-íris.

E lindo... Estava lindo!!! Nas suas sucessões de cores: V A A V A A V. Todas estranhamente compatíveis.

Fica bem.

Beijinhos.
Meus.

Estranha pessoa esta disse...

Louco,
Gostei dessa das entranhas.
:P
E sim, dá-te um certo charme.
Olha, não gosto muito é de batatas fritas, gosto mais de batatas à murro :P
:) **


Poeta Vagabundo,
Não sei.
Dizem que não joga bem as duas coisas..
Eu cá arrisco a dizer que sim.
Que jogam!
Beijo estranho

as velas ardem ate ao fim disse...

Viva aos loucos.

bjinhos

Maria P. disse...

Timidez e Ousadia?!...Quantas serão as cores deste Arco-Íris?...


bjos*

Zé Lérias disse...

Olha eu sou teu visinho, mas tenho a certezinha absoluta que não me conheces. Sou aquele que mora no quarto calhau, o que fica precisamente depois do teu (visto do lado oposto, local onde se vê para todos os lados) - e por isso nunca me viste.

Desculpa esta entrada...

Afinal só te queria dizer que gostei muito de aqui ter chegado.
O blog está muito bem estruturado e revela muito bom gosto.
Até sempre.

Lia disse...

E porque não?!?

Quantas vezes conseguimos ver o sol e a lua juntos?
Apesar de raras, existem...

Beijinhos
Lia

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

pois... concordo...
beijos e boa semana

.*.Magia.*. disse...

E porque não existir a loucura e a timidez a fazerem ousadia?
...
Hummmm?
Porque não?
...
Hã?
.

Tino disse...

Ora ora, os opostos completam-se!Não há incompatibilidades! There's no such thing!!!!

daniel sant'iago disse...

A loucura (não) é um contrasenso...
Estranho?

rui disse...

...pois, esses são mesmo loucos, ou melhor fazem-se loucos e mais qualquer coisa.

.*.Magia.*. disse...

Estranha...
Agora é que me sinto em casa...!

Loucura com desencaminhamento
Confusão selvagem...
PALHACINHOS...

Onde é que se vota??????

Mas que palhacinhos tão quidos!!!

Hasat ames estranheite bombons!!!

Ela disse...

Gostei de ler a (tua) loucura.


Deixo um beijo.

Marina disse...

Claro q pode existir!
Ja dizem as leis da fisica que os opostos se atraem!

Benditas leis da fisica, servem para tudo e mais alguma coisa...