segunda-feira, janeiro 15, 2007

Revelo


Dizem por aí que todos nós usamos máscaras.
Umas mais acentuadas.
Outras menos.
Mas, dizem que todos as temos.
Permitem-me discordar.
Não vou dizer que ninguém as tem.
Isso seria ingenuidade e hipocresia.
Claro que existe quem as tenha.
O que as pessoas confundem... é o escondido com as máscaras.
As máscaras escondem algo.
Uma face. Um gesto. Um episódio. Uma realidade. Um bocejo.
O escondido é diferente.
Eu posso ter um qualquer pó escondido num qualquer canto da sala.
Está no canto. Mas, não atrás de algo.
Apenas está no canto.
E por estar no canto, está escondido.
Ou está escondido por estar no canto.
Por vezes dizem-nos:
- Mostra-te como és!
E esquecem que nós estamos a ser o que somos.
Apenas não estamos a revelar tudo em gestos ou palavras, porque estamos no canto.
E insistem que o revelar está nos gestos e palavras.
E esquecem que as pessoas podem dissimular esses mesmos gestos e palavras.
Agora nos olhos!
Nos olhos não.
Não!
E revela-se isso tudo nos olhos.
Não é num olhar.
Atenção, é nos olhos.
Porque essas tais máscaras que falam pode até ser um olhar.
Há quem consiga fazer isso. Usa-las até num olhar.
Eu cá não consigo.
Assumo, se pudesse era usar sempre óculos escuros.
Porque os olhos dizem tudo.
E por isso andam encolhidos.
Com medo de um qualquer olhar que os dispa num clicar.
Com medo de um qualquer bocejo que desprenda aquele lacrimejar há tanto por sair.
Simplesmente encolhidos.
Simplesmente encolhida porque .......
Eu respondia.. mas, estou ali no canto.
Revelo que menti ao escrever que se pudesse usaria sempre óculos escuros.
Já não quero!
Ando com os olhos desnudos.
Encolhidos é certo.
Mas, desnudos.
DESNUDOS.
Pudesse a palma da minha mão revelar essa nudez!

15 comentários:

.*.Magia.*. disse...

Estranha...
Começo os olhos encolhidos. Conheço o lacrimejar há tanto por saír escondido ao canto dos olhos.
E olhos nús...mesmo mesmo nús, também uso sem reservas!
...espero nunca sentir frio suficiente para ter que os vestir.
Olhos nús...os teus!

Hasat ames sempre ás ordens

as velas ardem ate ao fim disse...

As mascaras acabma sempre por cair ...porque não estão presas a face mas ao coração.

bjo amiga

Tino disse...

Ora ora, há pessoal que engana o poligrafo por isso o melhor é não confiar em ninguém!! Nem penses que acredito em alguma coisa do que tu escreves só porque não tens lentes escuras! Isso é que era bom!! Não andas de lunetas porque é Inverno! Não caio nessa!!!

Beijinhos ;)

Bruno Tavares disse...

Confio desconfiando! Dogmático céptico. Um físico da metafísica!

bjs,
Bruno Tavares

Bruno Tavares disse...

"O que sou toda a gente é capaz de ver; Mas o que ninguém é capaz de imaginar é até onde sou e como."

Miguel Torga

Bjs,
Bruno Tavares

pensamentos_vagabundos disse...

o poeta vagabundo é uma mascara...
beijo vagabundo

Maria P. disse...

Cada máscara que é usada não esconde absolutamente nada, revela tudo é clara exibição de personalidade.

Parabéns pela tua escrita!

Beijinho:)

Marina disse...

As vezes gostava de ter uns oculos mais escuros e maiores... mas so as vezes!
Que isto de ter os olhos desnudos as vezes causa embaraços...

Beijitos

Thiago Forrest Gump disse...

Maravilhoso post.

Bela disse...

Pensei.
Gostei.
Concordo.

Bjs

Pierrot disse...

De acordo contigo.
Mãos desnudas e olhos destapados são segredos transparentes...
Bjos daqui
Eugénio

arritmico-mano disse...

pudesse eu absorver-te ainda mais forte e com menos cantos...


canto o teu canto no meu canto...


e o beijo.

APC disse...

Do não mostrar ao esconder vai uma diferença sensível, quase como do não dar ao roubar. Quando não revelamos o amor, pode ser porque fingimos, pode ser porque o não sentimos... Coloque-se a máscara, e ele não se vê; desencubra-se o rosto, e ele continua ausente. Por vezes uma máscara tapa um vazio que vai para além dela. Por vezes tapa tudo, outras não tapa nada.

Os olhares, esses...!

Delirâncias noctívagas inspiradas por um texto bem inspirador!

:-)

zuladairam disse...

palavras delicíosamente reveladas ;)

zuladairam disse...

palavras delicíosamente reveladas ;)