sábado, setembro 29, 2007

Faz-te Rua!

Há quem diga que o certo, é o usual.
Meus amigos, permitem-me discordar.
Não sei se é certo… mas, que o inesperado é bom!
Lá isso é!
Se é certo ou errado… eu não sei!
Mas, na próxima vez que cruzares comigo na rua.
Faz-te Rua!
Que é como quem diz.. faz-te inesperado!
É que eu cá gosto, é das coisas erradas…
Nada usuais, portanto!
‘Inespera’!
… Que é só assim, que me vais fazer nada usual…
E eu sei, que também não gostas das coisas banais..
Faz-te Rua!

Aqui para nós… andas um pouco banal, não andas?

É que eu ‘conheço-te’ errado…
Faz-te um favor, e Apalpa-me os Sentidos!

8 comentários:

legivel disse...

... a banalidade passeia-se pelo virtual nas calmas. Há que dar uma volta a isto a começar por editar comentários que revelem cultura e inteligência. Vamos a isto:

O teu blog é muito bom! Quando é que pensas em escrever um livro? Parabéns, gostei muito!


Óptimo fim de semana com alguns sorrisos à mistura.

POETA VAGABUNDO disse...

anda aqui para te apalpar:)
beijo vagabundo e faz-te há rua...

sendyourlove disse...

Gostei...gostei tanto porque espero isso mesmo...o inesperado...o errado...

Sandman of the Endless disse...

É, minha querida Estranha... Acho que tens razão... Preciso mesmo agir de um modo inusual, inesperado... Fazer coisas 'erradas' para ver se o acerto vem! Beijocas deste lado do Atlântico...

Putty Cat disse...

Eu até gostava que me apalpassem os sentidos, se eu não os tivesse perdido, algures nessas Ruas de que falas.

A quem os encontrar, favor devolvê-los, pelo menos sem marcas visíveis de abuso.

Muito agradecida.

Branca disse...

Sim, façamo-nos à rua!
Não é preciso dizer mais nada...

E, como não gosto deste tipo que toca por aqui, vou já mesmo!

Boa semana! Beijinhos :)

Fui!

Francieli Rebelatto disse...

Apalpa-me os sentidos..
apalpa-me meus poros insanos com tais palavras,
com tal confusão de ser e então não ser mais...

Estou confusa, como sempre teus textos me deixam assim...

Creio que apalpa-me sempre meus sentidos

APC disse...

... "E nada de pré-aviso, ok?"


:-P