segunda-feira, setembro 18, 2006

Postais de Novalis

Andava em deambular por aqui quando li isto.
Eu não sei definir o que pendem.
Não sei.
Não por não querer.
Não por não sentir.
Simplesmente, não sei.

Nunca escrevi sobre isso.
E raramento escrevo essa palavra.

Tudo o que escrevemos, sentimos, fazemos, vemos, observamos, com pregas sem pregas, sublinhado por sublinhar tem isso.
É vento.
Sempre.

Como não sei definir.
Deixo aqui linhas que escrevi em tempos..
Pois, para mim é isso.
Maças!

Liguei agora aquele aparelhómetro que dá pelo nome de televisão.
Oiço um anúncio de uma conhecida marca de refrigerantes:

"Um aplauso para todos aqueles que se atrevem!"

Aplausos.... para todos aqueles que se atrevem....
Silêncio!

Contemporaneamente são poucos aqueles que se atrevem.
Atrever, atrever mesmo!
Como dantes, naqueles dias ensolarados em que se subia à árvore junto do marco da escola para comer uma maçã, tendo como grito de fundo a voz rouca da professora nortenha da 3º classe!

Hoje ainda existem dias ensolarados.
Ainda existem dias assim.
Não existe é atrevimento.
Atrevimento!
Puro e simples atrevimento.

E porque com o atrevimento (ou com a ausência deste) existe o medo.
Paralelismos.

Nesses dias ensolarados não existia o medo.
Não havia tempo.
Agia-se e pronto.
E bastava.

Hoje pensasse muito.
E age-se pouco.
Cautela?
Não sei.
Cobardia?
Talvez.

Ainda existem dias ensolarados.
Eles continuam cá.
Aqui.

Dantes era só subir à tal árvore.
Sabíamos que um ramo podia quebrar.
Sabíamos que a queda seria grande.
Mas estava lá a maçã.

Ainda existe maçã.
Mas, existe o medo... de cair.
E dos dias ensolarados não terem horas suficientes.
Ou por outra... de terem horas a mais.

Nesse tal pomar, existiam maçãs no chão.
Mesmo ali, à mão de semear.
Mas, não!
Subíamos a arvóre.
Porque o que está à mão de semear não tem, nem nunca teve, muita graça.

E hoje?
Se sabemos que continua a não ter graça as maçãs que estão no chão.
Porquê não subir a árvore?
Assim nem as maçãs do chão... nem as maçãs dos ramos.

Um aplauso para todos aqueles que sobem a árvore.
Um aplauso para todos aqueles que se atrevem a quebrar um ramo.
Um aplauso para todos aqueles que não ficam pura e simplesmente a olhar a maçã.
E tu?
Qual é a tua maçã?

Seja um sorriso.
Uma criança.
Um gesto.
Um olhar.
Um tempo.
Todo o tempo.
Seja por homem, mulher, cão, gato.
Seja aqui.
África.
Pão.
Na esquina.
Com amigos.
Desconhecidos.
Seja um pousar.
Um salto.
Seja apenas e tudo.
Que seja isso.

Maçã!

26 comentários:

António Rosa disse...

Muito obrigado por teres respondido à minha pergunta "Que é o Amor?". Deves ter lido, no meu post, que cada definição é para ser colocada numa página de pequeno formato.

Se conseguirmos juntar as 58 respostas necessárias para se fazer o livro, e se me permitires, farei uma escolha dentro deste longo texto para entrares nesta antologia.

Um abraço

António

pensamentos_vagabundos disse...

sabes,uma vez caí abaixo de uma árvore,eu e uns amigos,e um só parou no hospital:)hoje só nos rimos daquilo:)
beijo vagabundo

António Rosa disse...

Cá estou de novo. Só mesmo para agradecer o linque do Postais da Novalis. Também já o coloquei no meu blogue, na secção "Anel do Coração".

Tenho o hábito de, aos sábados, agradecer publicamente todos os blogues que me lincam.

Um abraço

António

sem-comentarios disse...

Eu gostei do blog "postais de novalis" :)

e tens razao, tudo o que se escreve se sente ou se faz ;)

bjs :) e boa semana **

.*.Magia.*. disse...

Vim do meu blog e parece-me que li bem...Viciaste-te no meu post?????

A mim parece-me que li um comentário teu ao um comentário meu que dizia que era mau viciar-me no teu blog...

A mim parece-me que somos duas "agarradas" ás letras ehehhehehehehehhehe

Agora vou ali...depois já venho comentar o teu post, que por acaso não li ainda...

vou...

little_blue_sheep disse...

...adorei a simplicidade das tuas palavras...digo...da tua...MAÇA!
:D

***

Cat disse...

Quem precisa de definição?! Precisamos sentir.. Depois existem as várias perspectivas, as várias experiencias de cada um.

E é como tu escreves... Seja por este ou por aquele, pelo cão, gato. Aqui ou lá...

E na minha humilde opiniao acho que mesmo não querendo?!, acabaste por definir. :)

Beijinho

weg disse...

Hoje saio daqui com um sorriso aberto, uma maçã na mão e uma vontade enorme de voltar a subir à primeira árvore que encontrar.

Por isso, hoje, fico aqui.

:)

vida de vidro disse...

Nunca me lembraria de fazer esta ligação. Mas adorei ler o que escreveste. Profundo, bem escrito, leva-nos para essa palavra que evoca algo fresco, meio doce meio ácido e, neste caso, precisa de ser conquistado. Lindo. :)**

Armando disse...

A minha maçã?? Minha querida... provavelmente deve ser a proibida!Tanto queria sentir ao paladar o sabor dela... tanto...tanto!!!

Ivo disse...

Uma maça....

Definir algo como «isso»?! Que nos mata, nos magoa... nos lberta, nos dá asas e vida!! É complicado!! Mas... Muitos parabéns!!

:)

Estranha pessoa esta disse...

António Rosa,
Sim. Está longo :( Faz os cortes que quiseres :) Parabéns pela iniciativa ******
Não sei se estas linhas se enquadram no objectivo.... mas, foi o que se arranjou :P


Vagabundo,
ehhee E é tão bom recordar esses momentos com amigos de decadas ;)
Beijo estranho


Sem comentários,
:) :)
Uma semana cheia de sorrisos para ti ***


Magia,
Não tenho nada a declarar em minha defesa.
ehehhe
Que queres que te diga?
Pois.
AGARRADAS!! ehhe :P
Cuida da tua magia. *******


Little, Cat, Web, vidro
Subam a uma qq árvore. E SEJAM.
:)
**************
Um abraço.

Ivo,
Eu sabia que alguém ia implicar com o «isso» :)
Não foi com conotação negativa. Nunca. Apenas, não queria escrever no textos a 'palavra' entendes?
Mania minhas.
Raramente a escrevo. Apenas isso. Sinto que é algo tão importante e vital... que... custa-me a escrever. Só isso. Estranhezas minhas...

Um abraço grande para ti ***

Ivo disse...

Oi...

Quando disse «isso», não queria de modo algum, apontar como conotação negativa!! (se fosse eu, de certo o era)!! MAs isso sou eu... pq já me custou mt libertar... e voltar a prender!!

Sim... «isso», mata, fere, corroi.. destroi!! Alimenta, dá asas, eleva-nos, suporta-nos... e é um tudo, não sendo nada!! Difícil de descrever!!

Abraço

Estranha pessoa esta disse...

Muito difícil mesmo ...
...

............
E libertar ainda mais.

***

intruso disse...

que seja isso...

:)

(tb gosto de ver as coisas ao contrário... de pernas pro ar)

Ck in UK disse...

tou baralhada. nem sei o q dizer....

Maria P. disse...

A casa de Maio recebe todos...Oeste e não só:))

Armando disse...

Olá...!! Com que então são seres humanos frustados e sem objectivos de vida?? Que pêna que ele assim pense!! Mas tambem há os "que engolem sapos" e os que "cospem para o ar e lhe cai em cima"! Obrigada por nos defenderes e prova certa foi no dia seguinte encontrares algo que te reforçou ainda mais a ideia de que tinhas razão e não ele!! Enfim... na verdade há de tudo (a verdade seja dita) mas felizmente os bloguitas não são fotocopias uns dos outros!! Adoro-te... !!!

Marina disse...

Não sei como consegues mas essas linhas que escreves, aparentemente sem sentido, fazem tanto sentido para mim...
Eu sempre pensei de mais...
Nunca tive muita habilidade para trepar às macieiras...

A estranha disse...

Olá!

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Feel this... just a blowing kiss...

.*.Magia.*. disse...

O prometido é devido e aqui vim eu roer a tua maça...encima da árvore...!!!
Esqueceste-te de dizer que a maçã para ser realmente uma verdadeira maçã, deve ser comida em cima da árvore...
Eu nunca roubei maçãs...preferia as nesperas ;)...são mais pequenas e cabem em maior número nos bolsos!

Olha, deixo-te um grande aplauso...tens ar de quem ainda se atreve...pelo menos aqui nas letras atreves-te e não é pouco!!!!vá confessa-te ainda roubas maçãs...vá lá...confessa lá!

Deixo-te um beijinho mágico cumplice de Vicio!(sopa de letras)

Estranha pessoa esta disse...

Intruso,

Sim... isso da normalidade é realmente muito subjectivo ;) .. ou será realmente objectivo?
Seja como for...
Prefiro ver tudo de pernas para o AR. :)
***


Ck,
Também eu! lol :P


Maria P.,
:) Obrigado *****


Armando,
É a tal história... o fruto proibido... E esse tanto soou tanto :)
"Enfim... na verdade há de tudo (a verdade seja dita) mas felizmente os bloguitas não são fotocopias uns dos outros!! Adoro-te... !!!"
É recíproco :) :) :)
Um abraço enormeeeeeeee para ti***


Marina,
Como eu senti essas tuas palavras..
Sempre a balança com os dois pratos....

Estranha,
Olá estranha!!! :) :) Bem vinda a esta estranheza eheheh

woman's,
**** Obrigado. Vive e Sorri Sempre o teu olhar.

Magia,
Sua viciadaaaaaaaaaaaaaaa heheh
Eu não confesso nada! lol És mesmo cusca :P
Deixo-te um beijinho desassossegado cumplice de Vicio!(sopa de letras)

Lord of Erewhon disse...

Maçã é fixe... TV nem por isso, astrologia ainda menos.

Estranha pessoa esta disse...

E?

Giorgia disse...

obrigada pela visita, mas obrigada essencialmente por me ter feito descobrir o caminho para este espaço... adorei! :)

beijinhos enormes