sexta-feira, setembro 22, 2006

Soslaio. Ou a Saga do Desalinhamento. Como quiserem.

"Vem por aqui" - dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali..."


José Régio

A pergunta que se coloca é:
Vais por onde?

Ou:
Vais para onde?

Ou, por outra:
Se os olhos são realmente doces?

Ou, penso também:
Estão seguros?

E depois paro, e:
E o quê?

E mais adiante:
Perdi os meus olhos lassos?

E ali além:
Ouviste?

E de costume para mim eu:
Cruzei?
Parei?
Andei?

Silenciei.
De soslaio.
Foi.
É.

Olha, já agora como quem não quer a coisa: Vais por onde?





[Espaço musical dedicado a todos os Desalinhados e afins.
Em especial para o Little, Armando, Velas e Louco.
Estes serzecos andam mesmo desenfriadamente desconexados.
São uns malandros! O que vale é que a Magia anda aí, para pôr (des)ordem neste desalinhamento todo.(Para apanhar o comboio contactar um qualquer 'Instante'. Obrigado).]

15 comentários:

António Rosa disse...

INFORMAÇÃO A TODOS OS PARTICIPANTES DO DESAFIO “QUE É O AMOR?”


Parabéns a si. Vamos ter livro.

58 autores de blogues responderam positivamente ao desafio de escreverem um texto sobre o amor.

Aqui fica o meu agradecimento por ter participado.

Agora começa a parte editorial do livro. E aqui temos o primeiro assunto a ser resolvido.

A maioria dos autores não deu atenção ao meu pedido de se escreverem TEXTOS CURTOS, já que cada autor teria direito apenas a uma página do livro.

Portanto, a primeira coisa a ser feita é reduzirem os vossos textos, assim:

1) Os que escreveram textos corridos podem utilizar até um máximo de 90 palavras.

2) Os que escreveram em poesia podem dispor de um máximo de 16 linhas (versos) com cerca de 8 palavras cada (com os artigos definidos e indefinidos).

3) Podem aproveitar a oportunidade e escrever novos textos, mesmo que sejam diferentes do anterior e que não saiam do tema “Que é o amor?”.

Lamento o trabalho que terão com estas alterações. Editar, também passa por estas situações.

Na página de cada autor, além do seu texto, aparecerá os seus dados bloguísticos:

- Nome ou nick name que consta no blogue,
- Título do blogue,
- Endereço web do blogue.

A partir de agora, todas as questões relacionadas com o que acima escrevi, deve ser tratado por e-mail.

Meu e-mail: antónio.rosa@anjo-novalis.com


Um abraço e um muito obrigado

António Rosa

.*.Magia.*. disse...

Hummm "áxisto" muita estranho...
Voltas a perguntar para onde vou...Já te disse que não te digo!!!!!
Nem eu sei para onde vou...!!!!

Também "áxito muita estranho" será que fazemos um comité de deslinhados??????

Será que vamos para a Assembleia da Republica reivindicar um Ministério para o Mistério Da Loucura Dos Deslinhados??????

Olha estranha...gosto...porque gosto, porque me apetece gostar de vir aqui...

Agora que vi ali o meu nome como salvadora(salvo seja)do desalinhamento e desordem que reina neste mundo...cairam-me as palavras aos pés...agora para me alinhar tenho que ir deitar-me na minha confortável cama de linha de comboio...Gosto dela, porque gosto, porque me apetece gostar...

Beijos desalinhados em ti Estranha Pessoa Esta que me desalinha ainda maisssss

.*.Magia.*. disse...

Lembrei-me de deixar o horário dos comboios...Pode ser útil ;)ao descarrilamento das linhas de pensamento de cada um dos condecorados ehehheh!

Empurras 4 minutos na hora única dos 70 minutos...
Sobram 66 minutos que partes ao meio:
6 minutos para a direita e 6 minutos para a esquerda...
O meio fica livre para te deitares...
Somas o tempo que perdes a ler isto "et voilá"...
Já oiço o apito...despachem-se está na hora!!!!!

Louco de Lisboa disse...

Instante??
Isso é comigo, vivo instantes, somo-os e no fim iludo-me e julgo que tenho uma vida!
Claro que tenho, quem soma acrescenta e eu todos os dias adiciono momentos aos instantes e depois quando dou comigo é só impulsos loucos (claro que muitos têm que ser enclausurados senão internam-me)!!!

Perguntas, eu respondo:

Vou por aqui, apenas sei que venho dali, vejo a estrada, percorro-a mas não vejo o fim.

Até outro instante!!

(Gostei da musica, não conhecia, letra interessante)

asvelasardemsempreateaofim disse...

Apenas um grande bjinho.
Eu nunca vou por ai vou por ali e devar devagarnho para não pisar ninguém....

Marina disse...

Eu na maior parte das vezes nao sei por onde vou...
Acho q e a vida q me leva!
Eu limito me a parar de vez em quando e olhar para tras, para ver se aprendi alguma coisa com o caminho que a vida me deu...
E tenho aprendido cada coisa!

Beijitos e bom fim de semana

weg disse...

Eu sei que vou para o fim, o que quer que isso seja. Ainda assim,como o Régio, não irei por aí!.

:)

Boa noite

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

vagueio no desalinho que encontro em mim...
sim... é por ai por onde caminho...
sim é por ai... vou...

Passei e deixei o meu beijo num sopro de bom fim de semana

amazing disse...

Sei para onde vou, sei que vou por aí!
Bêjo na bochecha da cachopa.

António Rosa disse...

Vai ao meu blog ver o agradeciemnto que te faço.

Um abraço.

pensamentos_vagabundos disse...

josé regio:)poeta da minha terra:)
beijo vagabundo

António Rosa disse...

PEDIDO DE AJUDA A TODOS OS AUTORES DO LIVRO “QUE É O AMOR?”

Criei o sítio “Que é o amor? – o blogue do livro” para dar continuidade à ideia da publicação do livro, para que este assunto não se perca no meio das postagens do “Postais da Novalis”.

O endereço é este:

http://queeoamor.blogspot.com


A ajuda que peço é esta: que gastem uns minutos do vosso tempo e numa rápida ida até esse blogue, verifiquem, na coluna da direita:

1) Se não me esqueci de lá colocar o linque do seu blogue.

2) Se o nome do blogue está correctamente escrito, bem colocado por ordem alfabética e se funciona bem quando se clica.

Se houver alguma anomalia, por favor, deixem um comentário no próprio blogue.

Um abraço,

António.

Estranha pessoa esta disse...

António Rosa,
Já limei o meu texto.
Mas... 90 palavras...
Cortei tanto. Que leio aquilo e não faz sentido algum..
Ainda bem!
Está em paralelismo comigo! ;)


Magia,
eheheh
Isso da Assembleia, olha que não está nada mau visto não senhora...
Mistério Da Loucura Dos Deslinhados
LOL
Tu devias parar com estes comments que ainda atiças mais a minha loucura eheheh
Eu gosto porque gosto quando dizes que gostas disto e daquilo porque te apetece gostar!
Gosto!
Mesmo!

E esses horários eu já te disse.. esss horários não me dao jeiteira nenhuma... São muito desconexados. E eu que sou uma pessoa conexada e alinhada não me parece que se adeqúem a mim eheheheheeh
E agora tenho que me despachar que já está na hora!!!!
Um abraço muito grande de 'd' ao cubo para ti. ehehe Um abraço Desconexado, Desalinhado, desassossegado :P

Louco,
"Claro que muitos têm que ser enclausurados senão internam-me..."
Não estavas sozinho.
Tenho para mim que o Ministério para o Mistério Da Loucura Dos Deslinhados estava lá todo. ***
Um instante para ti de sorriso.

Velas,
Que nunca pises o teu coração e olhar ******

Marina,
....sim... aprendido com cada coisa.!!! O que importa é que isso nos faça crescer enquanto seres humanos que somos... digo eu!
*** Um bom fim-de-semana para ti em terras do oeste :)

Web,
Ter aqui a dona do caminho a falar de não ir por aí.
Deveras interessante ehehe
Um bom fim-de-semana para ti nesse teu caminho ***

Nadir,
Sinto que estás a fazer parte do tal ministério não 'tarda' muito ;)
"vagueio no desalinho que encontro em mim..."
****

Amazing,
Seu cachopo desnaturado eheh
Um fim de semana cheio de sorrisos.

Vagabundo,
Que alinhes ou desalinhes muito o teu pensamento pela vagabundice do desassossego :P
****

Astrid Annabelle disse...

Andei no silêncio pelo seu blog e parei aqui...não vou e nem venho...apenas estou!
Obrigado por sua visita e saiba que gosto muito de vir aqui.
Abreijos.
Ma Jivan Prabhuta

Teresa David disse...

ouvi várias vezes o poema do Régio mto bem dito por um declamador do Porto, e sempre pensei ao ouvi-lo: Só vou mesmo para onde me apetecer, pois nunca ninguém me conseguirá levar para onde não quero.
Bjs
TD