segunda-feira, setembro 11, 2006

Trapézios

[Dagorda, 10 de Setembro de 2006, FF]
Por vezes vemos trapézios.
Trapézios soltos.
Trapézios amarrados.
Trapézios.
Por vezes caminhamos nos soltos.
Paramos nos amarrados.
E olhamos de 'revés'.
Trapézios.
Seja no que for.
São trapézios.
Encontramos aqui.
Avistamos ali.
Trapézios.
Por vezes dão gana de correr neles.
Noutras, de estar apenas a olhar.
Pensamos o quê?


Porquê tanto tempo na resposta?
E então?

13 comentários:

Tia Cremilde disse...

vim deixar beijos e desejos de boa semana!
;)

Ivo disse...

A vida são isso: trapézios!! Não vale a pena esperar pela resposta... somente saltar de trapézio em trapézio!! Soltos ou amarrados!! É assim a vida....

Interessante este teu texto!!

sem-comentarios disse...

Mesmo com tantos trapézios, encontramos sempre o equilíbrio.
Muito bonito, o teu texto.

Bj**

woman's secret disse...

Por vezes agarramo-nos para não cair...

Uma nova semana tomou o seu lugar, o tempo esse corre sem parar...
Bjx e boa semana

Cat disse...

Se os vir hoje, neste instante, escolho o amarrado, porque hoje, neste instante, não me sinto segura, sinto medo de cair, de não ter garra para o movimentar ao meu sabor.

Mais um texto q dispensa elogios. A foto está linda.

as velas ardem ate ao fim disse...

eu adorava andar no trapezio...a serio. Será porque gostava de voar?!

Bjocas

Estranha pessoa esta disse...

Tia Cremilde,
Sempre agradável a visita da tia :) Uma boa semana para si **

Ivo,
.... sim, talvez seja isso.. não esperar pelas respostas..
Sempre bom ter aqui o dono da toca.
bjs
**

Sem comentários,
Será?
bjs **

Woman's secret,
É isso que me atormenta... corre sem parar.
Bjs.

Cat,
Obrigado pelas palavras.
Uma boa semana para ti. bjs.

Velas,
:)
Eu também!
Pode ser que quando o circo vier para estas bandas, que eu consiga isso hehe
Uma boa semana para ti.
bjs

Maria P. disse...

Palavras bem conseguidas! Parabéns.

Beijinho.:)

Maria P. disse...

Palavras bem conseguidas! Parabéns.

Beijinho.:)

António Rosa disse...

O trapézio da vida obriga-nos a equilíbrios imensos.

Proponho que se fique a balouçar tranquilamente num trapézio sem medo do chão.

Marina disse...

So p retribuir os votos de boa semana!

E qt aos trapezios, o problema e q as vezes parecem amarrados, nos paramos e afinal estavam soltos e ooooooooops.... la vamos nos cair no infinito q n conhecemos.

Beijitos

PS: Ja fui ao bomportal! Fotos espectaculares!Obrigada pela sugestao!

Estranha pessoa esta disse...

Maria P.,
Muito obrigado ***
Continuação de uma boa semana na casa de Maio.

António Rosa,
A busca desse tal equilíbrio é uma constante... mas, nem sempre conseguida... talvez, por isso mesmo... pelo medo do chão.
**

Marina,
É esse opssssss que é tão assustador.. mas, que também sem ele... que graça teria?... digo eu!
Fico contente por gostares das photos... foi aqui a je que as captou eheh :P

Anónimo disse...

A linha da vida é sempre andar na "corda-bamba"... nada é certo a não ser o fim da estrada por cada um de nós caminha.

Arranjemos forças, pulso e tudo o mais para desenterrarmos a mais dificil tarefa... nunca baixar os braços.

Forte abraço Senhora das Areias